O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros comentou, em vídeo divulgado nesta terça-feira (16), sobre a decisão judicial que determinou a suspensão da vacinação dos profissionais de saúde para que seja ampliada a imunização dos idosos a partir de 60 anos.

De acordo com Medeiros, devido à quantidade de doses no Estado e nos municípios, os idosos a partir de 80 anos serão contemplados na segunda (22) ou terça-feira (23), quando chega a nova remessa da vacina Coronavac. A imunização será feita de forma decrescente, até 60 anos de idade.

“É preciso que fique bem claro que a partir de ontem, não há determinação de vacinar profissionais de saúde nem qualquer profissional e a prioridade a partir dessa liminar é vacinar os idosos, em sentido decrescente, até 60 anos de idade”.

Orientação da Secretaria de Saúde do Estado

Geraldo Medeiros ressaltou que a população deve aguardar a divulgação da sua faixa etária contemplada e quando poderá ser imunizada.

“Isso só será anunciado a partir do momento em que tivermos os lotes das vacinas em solo paraibano e a distribuição das mesmas aos municípios. Haverá em sentido decrescente a vacinação dos idosos até alcançar a população de 60 anos na sua totalidade. Aí sim, os demais seguimentos e faixas prioritárias receberão as vacinas”, explicou.

O secretário de saúde ainda ressaltou que o Ministério da Saúde ainda não divulgou a cronologia para entrega de todas as vacinas, e que a produção do BioManguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que contemplará a vacina de AstraZeneca/Oxford e a do Instituto Butatan só serão regularizadas, provavelmente, a partir do mês de março, com a média de 600 mil doses diárias cada uma.

Em relação a decisão da Justiça, Geraldo Medeiros destacou que a liminar deve ser cumprida por todos os secretários de saúde municipais.

“O alerta que vem para os secretários municipais é que haja o cumprimento da decisão judicial a partir de ontem”, pontuou.

Assista:


Fonte: Paraiba Já