A Companhia Docas da Paraíba negou, nesta quinta-feira (19), a possibilidade de risco de desabastecimento de combustíveis no estado. Em nota, a companhia assegurou que a programação de movimentação de navios petroleiros segue normal. Conforme o comunicado, o navio Celso Furtado deve atracar na próxima segunda-feira (23) no Porto de Cabedelo, com mais de 14.000 toneladas de gasolina.

O posicionamento da Companhia Docas ocorre após o Sindicato de Revendedores de Combustíveis de Campina Grande anunciar que poderia haver atraso no abastecimento dos postos da cidade devido a um problema logístico com o navio que traz o combustível para o estado. 

Veja a nota do governo

Diante da repercussão de informações imprecisas sobre a movimentação de navios petroleiros e desembarque de graneis líquidos no Porto de Cabedelo, a Companhia Docas da Paraíba (DOCAS/PB) vem esclarecer o que segue:

1. A programação de movimentação de navios petroleiros no Porto de Cabedelo segue ocorrendo normalmente, com previsão de atracação do navio Celso Furtado para o dia 23/11/2020, quando serão descarregados mais de 14.000t (quatorze mil toneladas) de gasolina.

2. Os quatro terminais de combustíveis do complexo portuário de Cabedelo, responsáveis pelo abastecimento dos 223 municípios da Paraíba, além de cidades do interior de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, possuem estoque suficiente para o prosseguimento normal da distribuição do referido insumo até o desembarque da nova carga.

3. Eventuais regulações de estoque no armazenamento de graneis líquidos nos terminais de Cabedelo, com remanejamento de algum tipo de combustível de ou para outros centros de distribuição da região Nordeste via modal rodoviário, são expedientes considerados normais, a depender da demanda de cada localidade e de suas bases de abastecimento.

 

Fonte: 83