O ex-prefeito da cidade de Solânea, Beto do Brasil (Cidadania), anunciou nesta quarta-feira (18), que desistiu da política, entretanto reafirmou compromisso com o grupo do deputado estadual Tião Gomes (Avante). A informação foi veiculada na Rádio Correio da Serra FM.

“Fechou-se um ciclo, são 20 anos de história. Em 20 anos eu não consegui nada com a política, só perseguições. O povo de Solânea gosta do cidadão Beto do Brasil, já não mais do político Beto do Brasil. Nós temos um grupo e esse grupo precisa permanecer unido, eu me tornarei um cidadão, um eleitor, um cabo eleitoral desse grupo, reafirmo meu apoio incondicional ao deputado Tião Gomes, que muito fez por nossa eleição, este é o deputado que Solânea conhece e que caminharemos de mãos dadas nas eleições estaduais”, disse o ex-prefeito.

De acordo com Beto a decisão de deixar a política já havia sido tomada em 2018 na eleição para deputado estadual, mas por ter sido o mais votado em Solânea decidiu ser candidato a prefeito em 2020. “Saio da política de cabeça erguida, saio como ficha limpa. Sou muito grato ao povo de Solânea. Voltarei a trabalhar no Banco do Brasil, sou funcionário efetivo”, afirmou.

Saiba mais

Beto do Brasil entrou na política no ano 2000 quando se candidatou pela primeira vez e foi eleito, derrotando o então prefeito Nal Viana. Em 2004 foi reeleito derrotando o candidato da oposição Dr. Chiquinho. Em 2012 Beto se elegeu para o seu terceiro mandato à frente da Prefeitura de Solânea e derrotou o candidato Edvanildo Junior. Em 2016 Beto conseguiu ajudar a eleger seu aliado Kaiser Rocha que rompeu com ele logo depois e em 2018 foi o candidato a deputado estadual mais votado na cidade de Solânea, com mais de 4 mil votos.

 

portaldolitoralpb