Na manhã desta terça-feira (28), a barragem de Lagoa do Matias, que atende os municípios de Belém, Caiçara e Logradouro e mais os distritos de Rua Nova, Cachoeirinha e Braga, amanheceu sangrando. O manancial atingiu sua capacidade máxima, que é de pouco mais de 1,2 milhão de metros cúbicos de água, de acordo com a Aesa.

Com a barragem sangrando, a Cagepa resolveu suspender o racionamento de água para os municípios do sistema integrado. Com isso o abastecimento de água para a ser realizado de forma ininterrupta.
Nas redes sociais, moradores comemoraram a notícia. Mas a Cagepa alerta que os consumidores façam o consumo consciente da água e evitem desperdício, visto que o manancial é pequeno e há a necessidade de mantê-lo num bom nível para garantir o abastecimento pelo mais período possível, evitando crises que já ocorreram em outros anos.