A Prefeitura de Parari, no Cariri da Paraíba, recebeu do Governo do Estado, conforme dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), 140 testes para a Covid-19. A cidade ainda não apresenta nenhum caso confirmado da doença, mas conforme as estatísticas da SES, apenas dois testes foram realizados no município.

Ao G1, a assessora da Prefeitura de Parari informou que registrou o primeiro caso na terça-feira (9), mas que só será comunicado à SES nesta quarta-feira (10), que o município recebeu 80 testes rápidos, realizou 18 (um deu positivo) e novas realizações de testes estão agendadas. Ainda conforme a prefeitura, a unidade de referência em saúde mais próxima é o Hospital de Serra Branca, onde casos suspeitos de Parari são atendidos e passam pela testagem de Covid-19 naquela cidade.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geográfica e Estatística (IBGE), a população estimada da cidade de Parari, em 2019, era de 1.771 pessoas. Segundo o último Censo, em 2010, a população era de 1.256.

A pequena testagem não é uma realidade apenas de Parari. Outras 16 cidades, únicas sem casos confirmados do novo coronavírus, apresentam um índice de testagem muito inferior a quantidade de testes que foram disponibilizados. Para ter uma noção do problema, o maior índice é da cidade de Algodão de Jandaíra, que recebeu 160 testes e aplicou 39, ou seja, 24%.

A recomendação da Secretaria de Estado da Saúde é que todas as prefeituras testem pessoas que estejam com início de sintomas gripais no 10º dia sintomático. As secretarias municipais precisam informar a realização do teste e também fazer a notificação confirmando ou encerrando o caso como descartado.

No entanto, conforme a assessoria da SES, nem todas as secretarias fazem a notificação. A pasta informou que há mais exames realizados do que casos notificados e que, se somar os casos confirmados com os casos descartados, também obtem-se um número menor do que o de testes realizados.

O que a SES faz é cobrar a notificação. Novos testes só são mandados novamente para as prefeituras que cumprem com o papel da notificação.

Sobre as 16 cidades ainda não terem registrados casos confirmados da Covid-19 e estarem com pouca testagem, a SES considera pouco provável que realmente não haja nenhum morador dessas cidades com o coronavírus.

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), por meio da sua assessoria de imprensa, informou que mais de 100 recomendações já foram emitidas pelo órgão público sobre a Covid-19. Nesta quarta-feira (10), uma nota técnica foi emitida pelo Centro de Apoio Operacional (CAO) às Promotorias de Justiça da Saúde do Ministério Público da Paraíba (MPPB) aos promotores de Justiça que atuam na área orientando que instaurem procedimentos administrativos ou a complementação do objeto dos já instaurados para acompanhar como está sendo a testagem dos pacientes com suspeitas de Covid-19 nos municípios e o atendimento precoce em tais casos.

De acordo com a presidente do Conselho de Secretários Municipais da Paraíba, Soraya Galdino, existem notas técnicas do Conselho no que diz respeito ao assunto. Segundo ela, não se trata apenas de uma questão de transparência ou não. "É porque o sistema é muito burocrático de acessar, lento e como todo o país está trabalhando com ele se torna mais ainda. Muitos municípios precisam estar alimentando esse sistema à noite para garantir esse envio satisfatório e correto e aí dificulta um pouco por isso", disse.
 
Fonte: SES

Fonte: G1 PB