Com a adoção das medidas restritivas decretadas pelo Governo do Estado, acatando orientação do Ministério Público Estadual, e a consequente revogação de decreto que permitia o funcionamento parcial do comércio, em horário corrido, das 8 às 14h, a parti desta quarta-feira (6), o comércio não essencial estará proibido de abrir.
Sendo a cidade de Guarabira movida economicamente pelo segmento comercial, o Ministério Público entende que a abertura dos estabelecimentos dava a sensação de que tudo havia voltado ao “normal”, por isso orientou por seguir as normas estabelecidas pelo Estado, o que foi acatado pelo prefeito em exercício de Guarabira, Marcus Diogo (PSDB).

Confira o decreto do Governo do Estado na íntegra:
DECRETO Nº    40.217                   DE   02   DE   MAIO DE   2020.
Dispõe sobre a adoção, no âmbito da Administração Pública direta e indireta, de medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pela COVID-19 (Novo Coronavírus), bem como sobre recomendações aos municípios e ao setor privado estadual.

Fonte:portal25horas