O governador João Azevêdo anunciou, neste domingo (31), durante live, a criação de quatro ‘bandeiras’ para identificar qual município pode liberar o comércio. Para cada cidade serão avaliados critérios como, redução no número de casos confirmados de Covid-19, ocupação de leitos e obediência ao isolamento social. A partir daí o município será introduzido em uma das cores estabelecidas das bandeiras.
Funcionará assim: a Paraíba terá as bandeiras verde, amarela, vermelha e preta. A cidade que se enquadrar na verde poderá liberar todo os setores do comércio, mediante assinatura de um protocolo, onde estão estabelecidas regras como uso de máscaras e distanciamento social.
Aqueles que estiverem dentro da bandeira amarela terão restrições de algumas atividades e manterão o mesmo protocolo de uso de máscaras e distanciamento social dos da bandeira verde.
Os que ainda estiverem com alto índice de casos entrarão na bandeira vermelha e só poderão manter abertos os serviços essenciais.
Os municípios com mais gravidade da doença vão para a bandeira preta e entre as medidas poderão adotar inclusive o lockdown.
Para adotar essas bandeiras, o governo fez um estudo e analisará os gráficos dos números da doença. A cada 15 dias esses índices serão avaliados para atualizar a bandeira dos municípios.
Fonte: 83