A Polícia Federal vai permitir a entrada de viajantes estrangeiros portando células destinadas ao transplante de medula óssea. A determinação é do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro e atende a pedido da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A agência reguladora alertou o Ministério da Justiça que a restrição estabelecida na Portaria nº 152,  editada para evitar maior disseminação da covid-19, “poderia impedir a entrada de portadores das chamadas células progenitoras hematopoiéticas (CPH) no país”, segundo nota do ministério. As células são usadas no transplante de medula óssea.

"O ingresso no Brasil de estrangeiro portando CPH para transplantes pela modalidade de bagagem acompanhada é de evidente interesse público, inserindo-se na exceção de entrada permitida em portaria interministerial. Autorizo desde logo que estrangeiros portadores de células progenitoras hematopoiéticas para transplantes ingressem no Brasil sem as proibições decorrentes da pandemia do novo coronavírus", descreve a decisão de Moro.

Fonte: Agencia Brasil