Para que a população ajude a fiscalizar as ações e esforços do Ministério da Saúde no combate ao Coronavírus (COVID-19) no Brasil, será possível acompanhar a quantidade de leitos e insumos como, por exemplo, testes, máscaras, luvas, entre outros, que são disponibilizados para cada estado. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, explica que, por meio do site especial do coronavírus, será possível acompanhar o que foi comprado ou doado e distribuído pela pasta para o enfrentamento da doença. 

“No intuito de manter toda a transparência dos fatos, a partir de hoje no site saúde.gov.br/coronavirus tem alí um ícone em que você clica e acompanha tudo o que a União já remeteu estado por estado”.     
Além disso, o ministro da Saúde cita portaria do governo que estabelece recursos exclusivos para o atendimento de pacientes com coronavírus, para que os hospitais possam trabalhar melhor. Segundo o ministro Luiz Henrique Mandetta, um dos destaques foi a ampliação no valor para leitos de UTI. 
“E a portaria de leitos de UTI, a gente dobrou o valor dos leitos de CTI por diária, para R$1.600,00. A gente deve ter um impacto aí de um bilhão de reais em relação a esses leitos”. 
O Ministério da Saúde já repassou mais de 40 milhões de itens aos estados e municípios. O volume é suficiente para os estoques locais por cerca de 20 dias, além daquilo que os gestores locais já possuíam. 

Fonte: Agencia do radio