Um levantamento feito com base nos últimos volumes registrados em açudes localizados na Paraíba mostra que o estado terminou o primeiro bimestre de 2020 com três açudes sangrando e outros 31 em situação crítica, com menos de 5% da capacidade total. Os dados são da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), responsável pelo monitoramento de 134 reservatórios.

Ainda conforme os volumes extraídos do site da instituição nesta segunda-feira (2), estão sangrando os mananciais paraibanos São José II, no Cariri do estado; Lancha I e Carrapateira, no Sertão da Paraíba.

O açude São José II possui capacidade para 1.311.540 m³ de água e conta com volume atual 1.311.540 m³. Já o Lancha I possui capacidade para 5.675.800 m³ e está com aporte hídrico de 6.913.400 m³. O manancial Bom Jesus tem capacidade para 343.800 m³ e conta com volume de 365.496 m³.

Outros 43 mananciais estão em observação, com menos de 20% do volume total. Outros 57 estão com volume maior que 20% da capacidade total.

Situação hídrica dos açudes melhora após chuvas na PB
No início de janeiro deste ano, o estado tinha um reservatório sangrando e 33 em situação crítica. Outros 47 mananciais estavam em observação, com menos de 20% do volume total. Outros 53 estavam com volume maior que 20% da capacidade total.

A situação hídrica dos volumes da Paraíba melhorou após fortes chuvas que caíram em todas as regiões do estado entre os meses de janeiro e fevereiro deste ano, a exemplo do Sertão, que em um dia registrou mais de 80 mm de chuva.


De acordo com a Aesa, os períodos chuvosos da Paraíba ocorrem geralmente no primeiro semestre do ano, dependendo da região. Segundo a meteorologista Marle Bandeira, a previsão do tempo para o primeiro trimestre de 2020 favoreceu e continuará favorecendo a ocorrência de chuvas.

Veja a lista de açudes com menos de 5% do volume

Algodão, em Algodão de Jandaíra
Arrojado, em Uiraúna
Cacimbinha, em São Vicente do Seridó
Capivara, em Uiraúna
Chupadouro I, em São João do Rio do Peixe
Covão, em Areial
Curimataú, em Barra de Santa Rosa
Emídio, em Montadas
Felismina Queiroz, em São Vicente do Seridó
Gamela, em Triunfo
Jandaia, em Bananeiras
Jatobá II, em Princesa Isabel
Mamuleco, em Ibiara
Manguape, em São Sebastião de Lagoa de Roça
Milhã (Evaldo Gonçalves), em Puxinanã
Nova Camará, em Alagoa Nova
Olivedos, em Olivedos
Ouro Velho, em Ouro Velho
Pocinhos, em Monteiro
Poleiros, em Barra de Santa Rosa
Prata II, em Prata
Riacho de Santo Antônio, em Riacho de Santo Antônio
Sabonete, em Teixeira
Santa Rosa, em Brejo do Cruz
Serra Branca II, em Serra Branca
Serrote, em Monteiro
Soledade, em Soledade
Sumé, em Sumé
São Mamede, em São Mamede
Tapera, em Belém do Brejo do Cruz
Várzea Grande, em Picuí




Fonte: G1 PB