Os governadores do Nordeste decidiram isolar o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), do plano contra a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Em carta intitulada de “A favor da vida” (leia aqui), divulgada nesta sexta-feira (27), após videoconferência, os gestores argumentaram que “na ausência de efetiva coordenação nacional, que deveria ser assumida pelo Governo Federal”, os Estados irão avançar na integração regional e com as demais regiões, “mobilizados pelo objetivo de salvar vidas e amenizar os impactos negativos sobre a economia dos estados”.

“Acreditamos também que o Congresso Nacional tem papel decisivo no atual momento da vida brasileira”, declaram os governadores.

Os governadores ainda manifestaram repúdio as últimas declarações do presidente Jair Bolsonaro, que estimula, segundo eles, apoiadores a promover carreatas, contrariando as orientações das autoridades de Saúde. Para os chefes dos Executivos locais, Bolsonaro atenta contra à vida.

“Manifestamos nossa profunda indignação com a postura do Governo Federal, que contraria a orientação de entidades de reconhecida respeitabilidade, como a OMS – que indicam o isolamento social como melhor forma de conter o avanço do Coronavírus -, e promove campanha de comunicação no sentido contrário, estimulando, inclusive, carreatas por todo o país contra a quarentena. Este tipo de iniciativa representa um verdadeiro atentado à vida”, afirmaram.

Fonte: MaisPB