O Botafogo-PB joga pela 5ª vez no Maracanã, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (3), contra o Fluminense. O confronto, pela Copa do Brasil, ocorre quase 41 anos após a emblemática vitória da equipe paraibana contra o Flamengo de Zico, ocorrida em 6 de março de 1980.
O presidente do Belo, Sérgio Meira, convidou o ex-meio-campista Magno, que estava naquela histórica equipe, para chefiar a delegação que joga no Rio de Janeiro.

A equipe vai para o confronto defender a sua invencibilidade em 2020. São 11 jogos neste ano, com 5 vitórias e 6 empates. O Belo marcou 14 gols e sofreu 9.
O time conta com um problema para a lateral esquerda na partida. Com Mário e Enercino machucados, o técnico Evaristo Piza pode entrar com o zagueiro Marcelo Xavier na vaga.
A provável equipe do Belo para o confronto é: Samuel; Léo Moura, Fred, Luis Gustavo e Marcelo Xavier; Rogério, Everton Heleno, Juninho, Cássio Gabriel e Rodrigo Andrade; Lohan.
 Histórico
Antes do jogo de 1980 contra o Flamengo, o Belo já havia pisado no Maraca em 1976, contra o Fluminense, adversário desta quarta. O jogo foi válido pelo Campeonato Brasileiro daquele ano.
“Tínhamos um grande time, montado por José Flavio Pinheiro Lima, quando trouxe Vinicius, Zé Luiz, Lucas e Roberto Viana, aspirantes do São Paulo, que se juntaram a craques como Fantick, Kalu, Baltazar, Reinaldo e Vandinho que aqui já estavam, quando conquistamos o bicampeonato da Paraíba”, contou o historiador Raimundo Nóbrega.

Depois, também em 1980, o Botafogo-PB perdeu para Fluminense por 4 a 0. A última partida do time pessoense no estádio foi contra contra o Flamengo, em 1999, tendo perdido o jogo por 2 a 1.
Fonte: Wscom