As atividades dos parlamentares na Câmara dos Deputados neste ano vão ser retomadas nesta segunda-feira (3) e as principais pautas já estão na cabeça dos deputados federais da Paraíba. O Fonte83 entrou em contato com três parlamentares paraibanos que destacaram quais são os principais temas para a legislatura neste início de ano. Dentre eles, um foi unanimidade: a votação da Reforma Tributária.
O deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), que tem como principal bandeira de seu mandato a educação, explicou que um tema que será prioritário para 2020 é o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O tucano defendeu que a prorrogação do fundo seja aprovada.  
“Tem um tema que é prioritário em absoluto para esse ano que é o Fundeb. Acho que as pessoas, em regra, não sabem o significado que o Fundeb tem para a educação pública. O Fundeb vai vencer este ano e a gente precisa aprovar, não só a prorrogação, mas torná-lo perene, aumentar a complementação da União. Então este é o tema principal”, disse Pedro.
O deputado também afirmou que outros temas estarão na pauta principal, dentre eles a Reforma Tributária. “Também acompanhamos outros temas como é a Reforma Tributária, como é que vai ser a solução para o colapso no saneamento básico, entre outros temas”, finalizou.
Ruy Carneiro (PSDB) contou que as expectativas para o início das atividades são positivas e revelou que terá como prioridade a votação da Reforma Tributária. “As expectativas para o início são positivas. Nós temos algumas prioridades como a votação da Reforma Tributária que deve ser a principal pauta a nível nacional”, afirmou.
Já o deputado Efraim Filho (DEM), também fez questão de destacar a reforma tributária como principal tema dentro da agenda econômica do país. “Acredito que a agenda econômica continua como prioridade e a Reforma Tributária deve receber a maior atenção para ser concluída na Câmara ainda nesse primeiro semestre. Em segunda ordem, creio que temas referentes a segurança pública também merecerão destaque na pauta”, destacou.  
Fonte: 83