A rivalidade histórica de 409 jogos dominou o domingo na Rainha da Borborema. Campinense e Treze se encontraram na tarde de hoje para mais um duelo no O Amigão. O jogo não teve vencedores. Com uma expulsão de cada lado, Raposa e Galo empataram em 1 a 1.
O jogo valeu pela 5º rodada do Campeonato Paraibano e trouxe uma curiosidade à beira do gramado. Os técnicos Celso Teixeira do Treze e Oliveira Candidé o Campinense, já comandaram os dois clubes e sabem do peso das camisas e da pressão do torcedor.

O JOGO
A partida começou sem muita emoção de ambos os lados. O Galo foi o primeiro a ameaçar, quando Dedé levantou na área, a bola passou por todo mundo e encontrou Rafael Oliveira. Alexa Maranhão apareceu para tirar na última hora.
Aos 23 minutos o Treze voltou a preocupar a Raposa. Almir passou para Caxito, que deixou a bola passar na cara do gol.
E o primeiro tempo terminou mesmo no 0 a 0.
Na segunda etapa o Treze foi surpreendido logo no início da retomada. Vinicius Barba, que já tinha um cartão amarelo, recebeu o segundo e deixou o Galo com um a menos.
No entanto, dois minutos depois e com um jogador a menos, O Treze foi pra cima e conseguiu abrir o placar. Almir marcou o gol do Galo no jogo de número 409 do Clássico dos Maiorais.
O Campinense tentava, mas só conseguiu ameaçar o alvo e negro de Campina Grande aos 22 minutos. Matheus Camargo finalizou com perigo. Jeferson saltou para fazer uma grande defesa e salvar o Treze do empate.
A Raposa, com um a mais, pressionou. Mas a pressão foi tanta que aos 24 cometeu um deslize e também teve um jogador expulso. Vargas parou o contra-ataque do Treze com falta, recebeu o segundo amarelo e foi mais cedo para o vestiário.
No 10 contra 10, o Campinense forçou mais e aos 36 minutos, Matheus Camargo invadiu a área e foi derrubado dentro da área: pênalti. Rafael Ibiapina pegou a bola, fez a cobrança, acertou o travessão mas a bola acabou morrendo dentro das redes do Treze. 1 a 1.

O Campinense consegue um empate após vir de uma eliminação da Copa do Brasil para o Atlético Mineiro, e de uma derrota no Estadual para o Atlético de Cajazeiras, A Raposa é líder do grupo B com 7 pontos.
Já o Galo, agora com 10 pontos conquistados ocupa a segunda colocação do Grupo A do Campeonato Paraibano e está na zona de classificação para a próxima fase do estadual.

Foto: globoesporte.com
Fonte: PB Agora