Alvo de graves acusações de assédio pelo seu comportamento no BBB 20, Petrix Barbosa terá que deixar o programa por determinação da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá (RJ).
A Polícia Civil entregou no departamento jurídico da TV Globo, na tarde desta segunda-feira (03), uma intimação para ouvir o ginasta.
Petrix precisará sair da casa até sexta-feira (07) quando prestará seu depoimento no caso de assédio às participantes. A polícia disse que caso ele seja removido pelo público no paredão de amanhã (04), ele poderá ser ouvido após a eliminação.
A delegada do caso Juliana Enrique declarou que “nenhum assédio será tolerado”.
Fonte: MaisPB