O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes na Paraíba (DNIT), Rainer Branco, garantiu nesta terça-feira (6), em entrevista ao programa Correio Debate, da rádio 98 FM, que os radares eletrônicos, conhecidos como ‘pardais’, podem voltar a aplicar multas aos infratores de velocidade em até duas semanas.
“Em toda a Região Metropolitana de João Pessoa os radares não estão autuando, apesar de estarem funcionando. O Dnit vai comunicar e informar a população quando eles voltarem a multar. Só faltam alguns dispositivos técnicos ser ajustados para isso acontecer, e, em até duas semanas, tudo volta ao normal”, explicou o superintendente do Dnit, Rainer Branco.

Desde março, o Governo Federal, através do Ministério da Infraestrutura, informou que a instalação de novos sensores foi suspensa para que fosse feita uma análise rigorosa do plano de instalação, que foi realizado no governo anterior. Segundo o presidente Jair Bolsonaro (PSL), a suspeita é de que os equipamentos cumpriam muito mais a função arrecadatória do que educativa.

No Sertão do estado, conforme Rainer Branco informou, os radares que estavam instalados antes da determinação do presidente continuam multando os infratores normalmente.
Font