O deputado Tião Gomes (Avante) afirmou nesta terça-feira (06), que o G10 não aceita ser pautado pelo blocão da Casa de Epitácio Pessoa. É que o governador João Azevedo (PSB) convidou os deputados para um café da manhã, mas o grupo ‘independente’ não compareceu à reunião. Somente a deputada Pollyanna Dutra (PSB), até então, do G10, é que foi ao encontro com os demais parlamentares.

De acordo com Tião, o G10 quer conversar em particular com o chefe do executivo. “Não aceitamos ser pautados pelo blocão dentro da assembleia legislativa. Não fomos à reunião por que não queremos ser conduzidos pelo blocão do deputado Wilson Filho que está sendo desagregador”.

Participaram da reunião, Trocolli Júnior, Inácio Falcão, Buba Germano, Edmilson Soares, Lindolfo Pires, Pollyanna Dutra, Branco Mendes, Adriano Galdino, Ricardo Barbosa, Jeová Campos, Estela Bezerra, Cida Ramos e o deputado Wilson Filho (líder do blocão), além dos secretários João Gonçalves e Hervázio Bezerra.

Deputados que faltaram:

Júnior Araújo (Avante) – líder
Felipe Leitão (DEM) – vice-líder
Nabor Wanderley (PRB)
Dr Érico (PPS)
Taciano Diniz (Avante)
Genival Matias (Avante)
Tião Gomes (Avante)
João Bosco Carneiro (PPS)
Caio Roberto (PR)

As divergências ocorrem devido aos assuntos relacionados ao orçamento impositivo que deve entrar na pauta da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) até o final do ano e, apesar da aprovação de parte considerável dos deputados, incluindo a oposição, no bloco governista ainda não existe consenso sobre a viabilidade da proposta. Em declarações recentes, os líderes dos chamados G10 e blocão já demonstraram que, por enquanto, não há afinidade sobre o assunto.
Fonte: Polêmica Paraíba