O Bispo da Arquidiocese de Campina de Campina Grande, Dom Dulcênio Fontes de Matos, esteve na inauguração da Casa de Caridade Irmã Luciana, resultado de uma parceria entre a Paróquia da Nossa Senhora do Bom Conselho e o Ministério Público, através da Promotoria da cidade de Esperança.
Em entrevista concedida à Rádio Caturité, Dom Dulcênio falou sobre a importância da Casa de Caridade, que segundo ele, acolherá cerca de 30 crianças que vivem em situação de risco social, promovendo ações de caridade.
-Para mim é um motivo de grande alegria estar visitando essa obra, pois, nós estamos dando continuidade ao trabalho da Irmã Luciana. Com a graça de Deus iremos acolher muitas crianças, mais ou menos 30 crianças. Isso significa que a igreja, nesta parceira com o Ministério Público e a Prefeitura Municipal de Esperança, continua fazendo o seu trabalho junto aos necessitados- ressaltou.
 Fotos: Pascom/CG
Fotos: Pascom/CG
Ainda à Rádio, a promotora de Justiça da cidade, Flávia Dantas, também falou sobre a Casa de Caridade. Ela disse que o local contará com vários profissionais que acolherão crianças e jovens em situação de negligência.
A promotora explicou, que o espaço foi doado pela Arquidiocese de Campina Grande, onde foi realizada uma reforma pela Prefeitura de Esperança, em parceria com as cidades de Montadas, Areial e São Sebastião da Lagoa de Roça,
-Nós estamos conseguindo, depois de tantos anos, um espaço para crianças de 0 à adolescentes de 18 anos com uma equipe de profissionais capacitados. O intuito é trazer um pouco de dignidade para para eles que já passam por tanta situação de negligência – afirmou.
Fonte: Paraiba Online