Um caminhoneiro de 49 anos de idade morreu depois de sofrer um acidente entre as cidades de Pedra Lavrada e Picuí, no Seridó paraibano. O acidente ocorreu durante a tarde desta terça-feira (27). O caminhão estava carregado com pedras e após a capotagem, a cabine onde o motorista estava foi esmagada.


De acordo com a Polícia Civil, era por volta das 15h quando o caminhoneiro passava pela PB-177, que liga os dois municípios. A Polícia Civil ainda não sabe o que motivou o acidente. O caminhão saiu da pista e capotou. Na carga estava um carregamento de pedras. Com o peso da carga a cabine foi esmagada com o motorista dentro e ele morreu no local.


Ainda segundo a Polícia Civil, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas a equipe médica confirmou a morte da vítima quando chegou ao local. O Corpo de Bombeiros também foi acionado para retirar o corpo do caminhoneiro, que ficou preso as ferragens.


A Polícia Civil também destacou que familiares do caminhoneiro relataram que esse trajeto era rotina do motorista. Ele trabalhava fazendo transporte de cargas entre Picuí e Campina Grande. O acidente ocorreu quando ele estava voltando para casa.


A Polícia Civil suspeita que o acidente possa ter ocorrido após um cochilo do motorista, ou que algum animal na pista tenha feito ele perder o controle da direção. O acidente está sendo investigado pelo delegado Fernando Zoccola. Ainda na tarde desta terça-feira, o Instituto de Polícia Científica (IPC) esteve no local do acidente na PB-117 e realizou uma perícia.




Fonte: G1 PB