Precisando só empatar para provavelmente se classificar na segunda posição, o Sousa recebeu o América-RN no estádio Marizão, na tarde deste sábado (16), pela última rodada do Grupo A3 da Série D do Campeonato Brasileiro. Em um tempo de cada time, o Mecão tomou um susto e passou mais de 45 minutos fora da segunda fase, mas Wallace Pernambucano decidiu e virou a partida para 2 a 1, classificando a equipe na segunda posição da chave.

Pensando em um bom resultado, o técnico do Dino, Tardelly Abrantes, mandou para campo uma escalação com André Victor e Iranilson na direita, e apenas Juninho e Jó Boy como jogadores mais avançados. O volante Gustavo Henrique começou na vaga do meia Esquerdinha. Já o alvirrubro atuou com a mesma equipe que goleou o Crato por 8 a 1 no jogo anterior.

Apesar da postura mais defensiva, diante do time americano que praticamente não atacava, o Sousa logo saiu na frente. Aos 18 minutos, Jó Boy tocou para Juninho, que encheu o pé para vencer Bruno e abriu o placar no sertão.

O América-RN foi totalmente apático no primeiro tempo e a desclassificação já parecia certa. Mas logo aos 5 do segundo tempo, Wallace Pernambucano recebeu na área, fez o giro sem ser incomodado pela defesa e bateu para deixar tudo igual.

Sem reação, o Sousa foi ultrapassado pelo rival na classificação e ficou com 23 pontos, na terceira posição, e deve encarar o ASA na próxima fase. O América-RN, com 24 pontos, terminou na terceira colocação, e seu rival provavelmente será o Jacuipense.

Desta forma, o Dinossauro do Sertão vai disputar a primeira partida da segunda fase no Marizão, e decidirá fora, enquanto o Mecão fará o segundo e decisivo jogo na Arena das Dunas.

Fonte: Voz da Torcida