Um comerciante matou a tiros a esposa de 48 anos e uma filha, de 28, na madrugada deste sábado (2), em Mataraca, no Litoral Norte da Paraíba. A polícia investiga o caso, mas tem informações preliminares de que o atirador sofria de depressão e teria surtado. O caso é apurado pela Polícia Civil em Mamanguape, cidade da mesma região.

Conforme apuração da TV Correio, o comerciante levantou da cama por volta das 4h, com gritos e batendo portas. A esposa, duas filhas, uma neta de sete anos e uma cunhada dele, que estavam na mesma casa, se reuniram na sala e tentaram contê-lo.

Durante a confusão, ele sacou uma arma e atirou na esposa e na filha, que morreram na hora. Depois que descarregou a arma com as duas vítimas, ele atirou na cabeça e se matou. A neta, a cunhada dele e a outra filha, de 16 anos, conseguiram escapar.

Segundo a polícia, à TV Correio, o homem seria suspeito de violência doméstica e tinha ciúmes da esposa. A Polícia Militar informou que, conforme testemunhas, a mulher nunca denunciou o marido. Os dois eram casados há 30 anos.

Fonte: portalcorreio