Botafogo-PB e Altos abriram a quinta rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro no estádio Almeidão, em João Pessoa, na noite desta sexta-feira (25). Jogando melhor, o Belo desperdiçou muitas oportunidades e passou sufoco no fim, mas Juba fechou o placar aos 48 do segundo tempo e garantiu a vitória por 2 a 0.

Algumas mudanças inesperadas surpreenderam o torcedor botafoguense. Gerson Gusmão optou por um esquema para com três zagueiros, Clayton foi para o sacrifício no meio, e Gabriel Yanno foi improvisado como volante. Os visitantes, por sua vez, vieram só com o Jorginho no lugar do Ray, suspenso, como alteração.

Pouco depois da bola rolar, o Belo já marcou. No primeiro minuto Daniel Felipe cabeceou com perigo, e aos 2 minutos Welton Felipe recebeu na esquerda, passou por Gean, driblou Leandro Amorim e bateu no ângulo esquerdo de Mondragon, anotando um golaço.

Foto: Guilherme Drovas

Poucos minutos depois o arqueiro piauiense vacilou na saída, Welton Felipe foi mais rápido e tocou para Luã Lúcio, que foi derrubado por Rafael Araújo. O árbitro marcou pênalti, mas Welton Felipe cobrou mal, no canto esquerdo de Mondragon, sem força, e o goleiro fez a defesa.

O bom time do Altos não conseguia criar nada, s errava bastante na defesa. Em outra delas, Luã Lúcio roubou a bola na grande área, driblou o goleiro mas demorou a chutar. Quando tocou para o meio, Welton Felipe chegou atrasado e não consegui finalizar.

A única boa chegada dos visitantes foi após cruzamento da esquerda, que a defesa botafoguense viu cruzar a área e Leandro Amorim cabecear livre, tirando tinta do poste esquerdo de Rhuan.

Pouco antes do intervalo, Luã Lúcio cruzou da direita na pequena área, na cabeça de Welton Felipe, que tentou tocar no canto esquerdo do goleiro, mas tirou demais e a bola foi pela linha de fundo.

Depois do intervalo o Belo se retraiu muito, mas seguiu perdendo gols. Com a equipe do Piauí sem criatividade, Welton Felipe avançou em velocidade pela esquerda, passou por Lucas Souza e tentou tocar para Juninho na pequena área, mas acabou desperdiçando outra oportunidade de ampliar o marcador, aos 19 minutos.

Três minutos depois, Gabriel Araújo cruzou para Luã Lúcio sair na cara de Mondragon, mas o camisa 33 tocou mal na bola, e a defesa conseguiu cortar com tranquilidade.

Perto do fim do jogo, já aos 41 do segundo tempo, Tiaguinho cruzou da esquerda e a bola cruzou toda pequena área. No outro lado, Gean tocou para Juninho Arcanjo, que bateu de direita da marca do pênalti e assustou, mandando a bola a direita do poste do goleiro botafoguense.

O Altos pressionava para empatar, mas em mais um erro de passe defensivo, aos 48 do segundo tempo, Juninho roubou a bola, passou para Marcos Aurélio dentro da área, que limpou a defesa e só rolou para Juba escorar de direita para o gol vazio e fechar o placar.

Com o resultado, o Botafogo-PB fica na primeira posição da chave, com 8 pontos. O próximo compromisso botafoguense será fora de casa, contra o Tombense-MG, no sábado (03). O Altos, por sua vez, é o segundo colocado, com 7 pontos. A equipe piauiense, no domingo (04), recebe o Floresta-CE, em casa.

Ficha técnica

Botafogo-PB 2 x 0 Altos

Campeonato Brasileiro Série C 2021
Grupo A – 5ª rodada
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem

Alinor Silva da Paixão; Renan Antônio Angelim e Adilson Rodrigo dos Santos, todos do Mato Grosso.

Gols: Welton Felipe, Juba (B)
Cartões amarelos: Juninho, Welton Felipe, Tsunami (B); Betinho, Rafael Araújo, Jorginho, Juninho Arcanjo, Cesinha (A)

Botafogo-PB: Rhuan, Fred, Daniel Felipe, Willian Machado; Sávio (Rodrigo Ramos), Gabriel Araújo (Tsunami); Gabriel Yanno (Marcos Aurélio), Juninho, Clayton (Esquerdinha); Luã Lúcio e Welton Felipe (Juba). Técnico: Gerson Gusmão.

Altos-PI: Mondragon, Gean, Leandro Amorim (Juninho Arcanjo), Rafael Araújo, Tiaguinho; Jorginho, Dos Santos (Lucas Souza), Roger Gaúcho (Gláucio); Klenisson (Cesinha), Manoel (Lucas Campos) e Betinho. Técnico: Marcelo Vilar.

Fonte: Equipe @Vozdatorcida